• IT CACAU

As mais recentes dicas do Google para o Turismo e Hotelaria


Quando o mundo fechou em março de 2020, as viagens fecharam com ele. Para muitas pessoas, sua possibilidade de viajar nunca tinha sido restrita a tal grau. Com viagens internacionais limitadas, viagens interestaduais controladas, e companhias aéreas e hotéis que cumprem e implementam diretrizes de distanciamento social, os viajantes estão recorrendo ao Google Search para entender o novo normal e seu efeito em seus planos. Abaixo foram examinados para o HSMAI algumas das pesquisas que apresentaram tendência até o final do verão e suas implicações para os profissionais de marketing de viagens.


Posso viajar?


Como as fronteiras foram fechadas e novas diretrizes foram colocadas em prática, não é surpresa que as pessoas estejam procurando entender como isso tem afetado sua capacidade de viajar. As buscas globais por "posso viajar" cresceram mais de 800% ao ano. As tendências de interesse de pesquisa por fuga (o que significa que o termo cresceu mais de 5000%) incluem: "posso viajar durante o confinamento", " posso viajar durante o coronavírus", e "onde eu posso viajar durante o covid". Para muitos, a decisão de viajar será pessoal, baseada em suas próprias circunstâncias e quando estiverem prontas.


Dica: É importante, então, que os comerciantes de viagens continuem a comunicar que seus negócios estão abertos e preparados para receber clientes que decidem viajar neste momento.


É seguro voar?


As buscas por "voar seguro" cresceram globalmente em mais de 500%, indicando incerteza em torno da possibilidade de contrair ou espalhar COVID-19 em um voo. Muitas empresas já comunicaram protocolos aprimorados de segurança, mas, especialmente para as companhias aéreas.


Dica: Esse comportamento de pesquisa indica que os clientes podem se beneficiar de mensagens contínuas em torno de padrões de limpeza e distanciamento social nos voos.


Quais são os avisos de viagem para ficar ciente?


As pesquisas por “assessoria de viagens” aumentaram globalmente em mais de 60%, e as pesquisas por “restrições de viagens por” tiveram um grande crescimento anual. Mais do que nunca, as pessoas querem entender para onde não podem ou não devem viajar.

Dica: Agências de viagens on-line e outras plataformas de reserva podem ajudar os viajantes, mantendo mensagens sobre avisos de viagens e restrições em destaque.


Ansioso


Embora as pessoas estejam sendo cautelosas e ainda optem por atividades ao ar livre e socialmente distantes, elas não pararam de sonhar com viagens mais longas. Em todo caso, esse período de baixa inspirou os consumidores a planejar ainda mais suas viagens futuras.

Em pesquisa recente foi descoberto que os consumidores estão aprimorando suas viagens com lista de desejos e ansiosos por planejá-las para 2022. Na verdade, 72% dos consumidores dos EUA provavelmente planejam ou reservam uma viagem com lista de desejos quando for seguro viajar novamente, e quase 50% disseram que definitivamente reservariam uma viagem da lista de desejos agora, para viagens em 2022 ou depois, se possível (34% considerariam isso).

As pessoas estão ansiosas para viajar. Alguns podem se sentir confiantes o suficiente para viajar agora, mas eles precisam entender completamente a situação antes de reservar. À medida que entramos nos meses de outono (no hemisfério norte, já primavera no hemisfério sul) e continuamos vivendo neste novo normal, nosso entendimento de como a viagem mudará e trará novas perguntas. À medida que a indústria de viagens que permaneceu à deriva ao longo da pandemia, permanecer atenta às mudanças no comportamento de busca dos viajantes, poderá entender e prever o que é mais importante para eles no momento e responder de acordo.


Esse artigo foi publicado no site HSMAI Americas, quer ver o artigo original clique aqui.

Fonte: Google Data, Global English, Jun 3, 2020|Google Data, Global English, Jun 17, 2020|Pesquisa do Google, agosto de 2020, EUA, n=1000.

51 visualizações0 comentário
whatsapp-brands6.png